domingo, 12 de junho de 2016

Derrame cerebral em hamsters


Como todas as criaturas vivas, hamsters são capazes de experimentar uma série de doenças quando envelhecem. Desidratação severa também pode causar derrame cerebral em hamsters. Por serem animais noturnos, os derrames geralmente ocorrem a noite. Alguns hamsters podem se recuperar de um acidente vascular cerebral muito rapidamente por conta própria, mas outros podem precisar da ajuda de seu dono durante várias semanas.

Inclinação da cabeça

Um dos sintomas mais comuns exibidos pelos roedores que sofreram um acidente vascular cerebral é a presença de uma inclinação da cabeça. Não deve ser confundido com uma infecção no ouvido, a inclinação da cabeça é geralmente um efeito colateral permanente do derrame. Hamsters podem viver com uma inclinação de cabeça quando as alterações físicas e de comportamento mais graves não estão presentes.

Correndo em círculos

O dano neurológico que acompanha um acidente vascular cerebral pode causar confusão mental e perda de equilíbrio no hamster. Hamsters que tiveram um acidente vascular cerebral são muitas vezes vistos andando ou correndo em círculos e, em casos mais extremos, caindo repetidamente. Eliminação de elementos comuns, tais como rodas de exercício e brinquedos de madeira, no habitat do hamster,  ajuda a evitar mais lesões.

Paralisia

Similar aos casos de movimento humano, hamsters podem sofrer paralisia depois de sofrer um acidente vascular cerebral. Só o tempo dirá se a paralisia é permanente ou não, e pode levar várias semanas antes do hamster se mover por conta própria. Até então, pode ser necessário que o proprietário dê alimentos e água para o hamster, evitando que fique subnutrido ou desidratado.

Sinais de alerta

Antes do derrame real, o hamster pode apresentar cansaço extremo e repentino, derrubando-se em colapso depois de alguma atividade. O hamster de repente pode também ficar imóvel e parece estar em um estado de transe, olhando para a distância e não responde a estímulos ambientais.

4 comentários:

Unknown disse...

Boa noite. Tenho um hAmster sirio com esse sinais, mas ela come, bebe água normalmente, anda certo, mas as vezes fica com os sintomas descrito acima. Isso tem tratamento?

Unknown disse...

Mesmo dando comida na boquinha o meu hamster não quer comer, anda em círculo e esta sem equilíbrio. Levo no veterinário só fala o mesmo que eata escrito aqui e não resolve nada.

Unknown disse...

Mesmo dando comida na boquinha o meu hamster não quer comer, anda em círculo e esta sem equilíbrio. Levo no veterinário só fala o mesmo que eata escrito aqui e não resolve nada.

Ana Maria disse...

Caros leitores
Lembrem-se que qualquer dano no tecido nervoso é de difícil recuperação. A única coisa que nós, como proprietários, podemos fazer pelos nossos amiguinhos que sofreram um AVC, é garantir segurança, conforto e nutrição, mas realmente não há nada mais a ser feito!
Tive um hamster, que após sofrer um AVC viveu apenas mais 24 h, mesmo com todo o suporte que eu dei a ele. :-(
Abraços

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...